08 de Março

março 22, 2006

Inaugurada CASA DO ARTESÃO


Casa do Artesão em pleno funcionamento
A Casa do Artesão, espaço dedicado ao trabalho manual, inaugurado nesta semana, na rua Padre Anchieta, 2024, surpreendeu até mesmo a expectativa dos expositores mais otimistas. Até hoje (23) pela manhã, o fluxo de público pelo local e a movimentação de vendas chamou a atenção dos artesãos. A Casa é resultado da parceria entre Prefeitura Municipal e Fundação Gaúcha do Trabalho e Assistência Social (FGTAS) - De acordo com o coordenador de Feiras e Mercado da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Paulo César Gonçalves, cerca de 600 pessoas visitaram o espaço que abriga 72 expositores. “Com certeza a qualidade dos trabalhos produzidos pelos nossos artesãos vai transformar a Casa num grande centro de referência do artesanato na região”, argumentou.
A realização da Casa do Artesão só foi possível devido à parceria entre a Prefeitura e FGTAS que assinaram Termo de Cooperação Técnica para garantir o funcionamento de um novo espaço para os artesãos locais e da região exporem seus trabalhos. A administração da Casa ficará a cargo das duas instituições, às quais caberão a coordenação, fiscalização, acompanhamento e promoção de cursos de aperfeiçoamento. Um grupo de 15 artesãos representará os demais e será responsável pelo gerenciamento de vendas e atendimento ao público.
Data: 23/03/2006
Hora: 14:59
Redator: Secom
.
A partir de hoje, 22/03/2006 está a disposição à rua Anchieta, 2024 no prédio do Clube Comercial, a nova Casa do Artesão. No local estão expostos produtos artenal como: vimes, madeira, ferro, quadros, lã, descartáveis, crochê, tricô... Estes estão a venda com preços váriados e direto do artesão.
Prestigiem os preços e os produtos são exelentes.
(em breve fotos da inauguração)
.
FGTAS inaugura Casa do Artesão de Pelotas
09:49 Sábado, 18 de Março de 2006
O presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), Edir Domeneghini, vai inaugurar na terça-feira, (21), a Casa do Artesão de Pelotas, juntamente com o prefeito daquela cidade, Adolfo Antônio Fetter Júnior. O ato será às 17h, nas dependências do Clube Comercial (Rua Anchieta, 2024). Na mesma oportunidade, também será lançado, oficialmente, o novo logotipo do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA).
Segundo o presidente, tanto o lançamento da logotipo quanto a inauguração da 19ª loja do PGA fazem parte das comemorações do Dia do Artesão, comemorado no dia 19 de março. Ele destaca, ainda, que a Casa do Artesão foi viabilizada graças à parceria com a prefeitura de Pelotas, contando com o suporte da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, e o apoio da 17ª Regional Sul da Secretaria Estadual do Trabalho, Cidadania e Assistência Social e da agência FGTAS/Sine de Pelotas.
Atualmente 57.267 artesãos estão cadastrados no programa gaúcho, que emite a carteira de artesão, possibilitando ao portador isenção de ICMS, contribuir para a Previdência Social, emitir nota fiscal dos produtos comercializados e participar de exposições e feiras. Administrado pela FGTAS, o PGA possibilitou a comercialização de R$ 67.829.068,69 em produtos artesanais, através de exposições, feiras e postos de vendas, no ano passado. Enquanto que, em 2004, o volume de vendas foi da ordem de R$ 36.854.284,50.
Desde o início de março, o programa já está emitindo a Carteira de Artesão com o novo logotipo. As carteiras que estão sendo utilizadas pelos artesãos continuarão valendo, normalmente, durante a vigência de suas datas de validade e serão substituídas pelas novas somente no momento da sua renovação. Os valores das taxas de serviços são os seguintes: emissão da Carteira de Artesão, da 2ª Via da Carteira de Artesão, renovação da Carteira de Artesão e inclusão de matéria–prima, R$ 14,00; emissão de Declaração de Rendimentos e de atestados, R$ 4,00; para exposição nas lojas da Casa do Artesão de Porto Alegre, R$ 20,00; na Região da Serra, Missões e Grande Porto Alegre, R$ 8,00; demais Regiões do Estado, R$ 5,00.
Notícias
Benifícios:
Artesãos cadastrados no PGA podem requerer aposentadoria até sexta-feira
17:12 Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005

As artesãs com 60 anos completos e os artesãos com 65 anos, cadastrados no Programa Gaúcho do Artesanato (PGA) e no INSS, que comprovem 11 anos de trabalhos com artesanato, podem requerer sua aposentadoria, até sexta-feira (30). O alerta é da coordenação do PGA pois, a partir de 1º de janeiro de 2006, será preciso comprovar 12 anos e meio de contribuição ao INSS para pedir aposentadoria, sendo que esse tempo de serviço será acrescido de mais um ano a cada seis meses, até o teto de 15 anos.
O artesão que não tiver registro no INSS deverá procurar a Casa do Artesão em Porto Alegre (Avenida Júlio de Castilhos, 144) em horário comercial e, no interior, as agências FGTAS/Sine para solicitar documento comprovando o tempo de trabalho com artesanato. Ele precisará apresentar a Carteira de Trabalho e a Carteira de Artesão atualizada. De posse desse documento, o artesão irá à Delegacia Regional de Trabalho, na Capital, e Subdelegacias Regionais de Trabalho para carimbar o exercício da atividade artesanal na Carteira de Trabalho. Depois disso, então, poderá entrar com o pedido de aposentadoria junto ao INSS. A comprovação dos 11 anos trabalhados pode ser da seguinte forma, por exemplo: cinco anos com Carteira de Trabalho assinada e os outros 6 de cadastro no PGA. Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone 3226 3055, da Casa do Artesão.

Um comentário:

beatriz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Desde o mês de março somos MIX

Face

Weather.com Radar

Solenidade de Abertura

Solenidade de Abertura
36ª feira do Livro de Pelotas